Blog Roxo por Belford Roxo

Posts Tagged ‘lote xv

Prefeitura decreta estado de calamidade pública em Belford RoxoApós o desabamento de duas casas e a ocorrência de vários deslizamentos, a prefeitura de Belford Roxo declarou estado de calamidade pública na cidade. A Defesa Civil do município informou que os desabrigados e desalojados estão sendo levados para o Ciep Vinícius de Moraes, no bairro Parque Colonial, próximo a Lote XV, onde a Secretaria de Saúde instalou um posto de atendimento de emergência para primeiros socorros e hidratação oral.

A região de Lote XV foi a mais afetada pelas últimas chuvas, que prejudicaram ainda os moradores de Vale do Ipê, Wona, Maringá, Vasco, Roseiral e Parque Amorim. Hoje, dez escolas foram fechadas no Vale do Ipê por conta da enchente, do excesso de lama ou da falta de água. Cerca de 12 mil alunos ficaram sem aulas.

O coordenador da Defesa Civil de Belford Roxo, major Alex Alves, está preocupado com novas pancadas de chuva.

- Choveu cerca de 70% do que estava previsto para o mês de novembro apenas nas últimas 24 horas. Estamos com 52 homens nas ruas fazendo o atendimento, junto com o Corpo de Bombeiros. Minha preocupação é que há previsão de chuva para as próximas horas – afrimou o major.

Os telefones da Defesa Civil de Belford Roxo são 2663-7963 e 2761-6471.

Fonte: O Globo.

Artigo relacionado: Cabral anuncia hospital de campanha no Vale do Ipê

Belford RoxoSegue reportagem publicada no jornal de bairros de O Globo sobre as carências que Belford Roxo guarda mesmo após 20 anos de emancipação:

“Em 2010, a cidade de Belford Roxo completa 20 anos de emancipação. Na época, a população comemorou a decisão. Todavia, não há muito o que comemorar devido ao abandono do município. Não existe até hoje maternidade pública ou hospital de grande porte; faltam instituições educacionais como Cefet, Pedro II, escola técnica da Faetec, colégios de aplicação e universidades públicas como Uerj, UFF, UFRJ, Unirio e Rural; não há linhas de ônibus para lugares como Castelo, Praça XV, Zona Sul, Campo Grande, Tijuca, Niterói ou Ilha; faltam postos do Procon a fim de melhor atender a população; não há museu, teatros ou cinema populares; não há cabines policiais em praças como Lote XV, Prata, Xavante, Areia Branca e Heliópolis; e há bairros inteiros sem saneamento como Itaipú, Saramandaia, Xavante, São Francisco e Roseiral. Pedimos ao Congresso, à Alerj, à Câmara de Vereadores e a órgãos como Ministério Público e Defensoria Pública, que ajudem os cidadãos de Belford Roxo.”

Embora já existam polos de ensino profissionalizante da FAETEC e de ensino universitário do CEDERJ, o acesso à educação realmente ainda é muito precário em Belford Roxo, bem como o acesso a saúde, transporte, lazer e, principalmente, saneamento. Infelizmente, essa situação ainda não motiva os governantes que entram na cidade a mudar a política de só varrer as ruas e passar uma tinta nos postes com as cores do governo.

Fonte: O Globo.

Chacina em Belford Roxo pode estar ligada a tráfico de drogasA polícia trabalha com a hipótese de que a casa no bairro Vasco, que foi cenário do assassinato de quatro pessoas, seria um ponto de venda de drogas. Todas as vítimas foram mortas com tiros à queima-roupa, após serem alvos de violência física (espancamento). De acordo com moradores, os criminosos chegaram ao local atirando e muitos gritos foram ouvidos. Mauro Sérgio, que seria o proprietário da casa, e Luciano, foram os primeiros a serem executados. Segundo a polícia, Mauro seria usuário de drogas e Luciano já teria antecedentes criminais.

Há informações que a dona de casa Iara Alexandrino, mãe de Mauro, estava fazendo uma visita ao filho, quando foi surpreendida pelos assassinos. Ela morreu sentada na poltrona da sala. A polícia investiga, entre outros, as hipóteses de uma vingança ou represália de traficantes de drogas da região. Nada foi roubado, mas a casa estava completamente revirada.

“Foram mais de dez tiros disparados contra as vítimas. Na hora da chacina, levei um tremendo susto. Olhei pela janela, mas não vi nada. Conhecia todos os mortos e posso dizer que eles não eram do bem. Para essas quatro pessoas morrerem assim, é porque alguma coisa grave aconteceu. Toda a população ficou assustada com essa onda de violência e muitos não querem sequer sair de suas casas”, afirmou um morador que não quis se identificar com medo de represálias.

O comandante do batalhão do município, tenente-coronel José Luiz Nepomuceno, acredita que a chacina está relacionada ao uso de entorpecentes. O caso está sendo investigado por policiais da 54ªDP (Belford Roxo).

O delegado titular da 54ªDP, Átila Lafére Mesquita, afirmou que o caso será investigado. “Vamos ver os motivos que levaram os criminosos a executar essas pessoas, que podem ter usado a casa para o consumo de drogas. Também temos a informação de que o Mauro seria um ladrão que agia na comunidade. Ainda não sabemos oficialmente quantos homens participaram do crime. Já mandei intimar os familiares das vítimas. A maioria dos tiros foi na cabeça. Ainda fui informado que o Luciano esteve preso por roubo”, afirmou.

Fonte: Jornal de Hoje.

Artigo relacionado: Chacina em Belford Roxo

Chacina em Belford RoxoQuatro pessoas foram assassinadas em Belford Roxo no final da noite desta quinta (10/9). Três homens e uma mulher foram executados dentro de casa, no bairro Vasco, próximo ao Lote XV. Duas das vítimas eram mãe e filho. A polícia ainda não tem informações sobre os assassinos.

A chacina ocorreu na Av. Nossa Senhora de Fátima, próximo à Avenida Joaquim da Costa Lima, 10. Iara Alexandrino Maciel, 49 anos; o filho Mauro Sérgio Alexandrino Maciel, 29; Luciano de Souza, 35; e um homem identificado apenas como Pará Sapateiro foram as vítimas da chacina. Iara foi assassinada dentro de casa, enquanto os outros foram executados no quintal. De acordo com a polícia, Mauro Sérgio seria usuário de drogas.

Moradores contaram aos policiais do 39º BPM (Belford Roxo) que Iara havia deixado a casa há duas semanas. No mesmo dia da chacina, ela voltou para visitar o filho e passou o dia com ele. Por volta das 22h, homens armados invadiram o local e efetuaram os disparos. O caso foi registrado na 54ª DP (Belford Roxo).

Fonte: O Globo

Artigo relacionado: Chacina em Belford Roxo pode estar ligada a tráfico de drogas

Lote XVGean Marcell de Lima de Souza, um jovem de 16 anos, foi morto com um tiro na cabeça, na noite do último sábado, em Belford Roxo. Segundo policiais do 39º BPM (Belford Roxo), o crime ocorreu por volta das 22h45m, em um salão de festas da Avenida Presidente Kennedy, no Lote XV.

O autor e a motivação para o assassinato ainda são desconhecidos. O caso foi registrado na 54ª DP (Belford Roxo).

Fonte: O Globo.

Encontre imóveis de todos os preços em Heliópolis, Piam, Centro, Lote XV, Andrade Araújo, Prata, Areia Branca, Santa Amélia, Jardim Redentor, Bom Pastor, São Vicente, Sargento Roncalli, Vale do Ipê e em qualquer outro bairro de Belford Roxo. Apartamentos, casas ou terrenos. Residenciais e comerciais. Para comprar ou alugar.

Confira as ofertas nesses sites:

Imóveiszap imóveis

balcão.com

OLX

ibiubi

vivastreet

trovit

mundo brasil

CederjSerá inaugurado neste sábado, dia 25/7, às 10h30, em Belford Roxo, mais um polo do Centro de Educação a Distância do Estado do Rio (Cederj). A nova unidade vai funcionar no Ciep Vinicius de Moraes, no bairro Parque Colonial, e atenderá os alunos dos cursos de Licenciatura em Pedagogia, da UERJ, e Tecnologia em Sistemas de Computação, da UFF.

Serão os primeiros cursos de graduação oferecidos por instituições públicas na cidade de Belford Roxo – destaca o secretário estadual de Ciência e Tecnologia Alexandre Cardoso.

O consórcio Cederj é uma parceria da Fundação Cecierj (Centro de Ciências e Educação Superior do Estado do Rio) com municípios e seis universidades públicas (UERJ, UNIRIO, UFF, Rural, UFRJ e UENF), que oferecem sete cursos de licenciatura e dois normais, na modalidade a distância. Os polos servem de apoio ao aprendizado, onde os alunos podem tirar dúvidas com tutores e assistir a aulas práticas. A infraestrutura dos polos é oferecida pelas prefeituras das cidades onde estão localizados. A unidade de Belford Roxo terá três salas de tutoria, três laboratórios, uma sala de aula e uma sala de estudos.

Hoje, cerca de 26 mil alunos fazem o ensino superior através do consórcio Cederj, que conta com 34 polos de apoio em 32 municípios do estado. Em 2006, eram 13.126 alunos matriculados em sete cursos, e havia 20 polos em 19 municípios. Para dar conta desse crescimento, foram investidos R$ 88.096.144 em 2007 e 2008, incluindo recursos de convênios. O orçamento deste ano prevê mais R$ 39.509.673.

A inauguração será precedida de uma aula inaugural, às 9h, para ambientar os alunos ao método Cederj de ensino a distância. O Ciep Vinicius de Morais fica na Rua Isitiba s/nº, Parque Colonial, próximo ao Lote XV.

Fonte: Governo do Estado do Rio.


outubro 2014
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Atualizações Twitter

Mais um blog?

A idéia deste blog é concentrar notícias, informações úteis e curiosidades sobre a cidade de Belford Roxo publicadas na Web. Saúde pública, segurança, desenvolvimento, educação, concursos, cultura, política, esportes e muito mais.
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.