Blog Roxo por Belford Roxo

Família de menino agredido por PM sai do Gogó da Ema por medo

Posted on: 7 de julho de 2009

Gogó da EmaCom a alma ferida e a vida virada de ponta-cabeça, mas determinado a ir até o fim em busca de justiça. É assim que o autônomo de 49 anos, se sente após a agressão sofrida pelo filho de 14 anos, na última sexta-feira, no Gogó da Ema, em Belford Roxo . Conforme divulgou o Jornal O Globo e o Blog Roxo, o jovem diz ter sido vítima de alguém que deveria protegê-lo: o cabo da PM Alessandro Azevedo Bruno, que participava de uma operação no local. Poucos dias depois do episódio, que resultou na repreensão do policial diante da tropa, após a denúncia feita pelo pai da vítima ao comandante do 3º Comando de Policiamento de Área (3 CPA), coronel Paulo César Lopes, a família tenta reconstruir a vida, tendo o medo como constante companhia.

– As crianças não podem ver um carro da polícia que ficam assustadas. No sábado, vizinhos me contaram que um carro da polícia ficou parado olhando para a minha casa – disse o pai, que já não estava mais no Gogó da Ema, onde viveu por 19 anos (assista ao vídeo do pai pedindo justiça, divulgado pelo Jornal Extra).

Além do temor de continuar morando no cenário da agressão, a residência estaria aos pedaços. Segundo o pai da vítima, o cabo Alessandro Bruno destruiu móveis e uma televisão. Para voltarem a ter tranquilidade, a família vai deixar Belford Roxo.

– Só peguei dois colchonetes, dois cobertores e algumas roupas. Estou pagando um aluguel de R$ 220. E sem dinheiro até para o ônibus, tendo que receber ajuda dos parentes – disse o pai, que está desempregado e ganhava cerca de R$ 300 por mês fazendo trabalhos temporários como pedreiro e num lava-jato que montou na garagem de sua casa no Gogó da Ema.

Apesar do trauma, a família sonha um dia poder voltar com a família à comunidade:

– Gostamos de morar lá. Nem vou vender a casa. Mas só voltaremos depois que o policial for preso e expulso da PM. Só assim voltaremos a ter paz. Eu ainda confio na corporação, mas o que vai ser da minha família enquanto o homem que agrediu o meu filho estiver na rua?

O pai da vítima pretende processar o Governo do Estado pelos sofrimentos físico e psicológico causados pela agressão do policial militar ao filho:

– Vou procurar um advogado, isso não pode ficar impune. Estamos traumatizados. Desde sexta-feira que não conseguimos dormir direito. Deixei as irmãs dele com a mãe. Não vou conseguir perdoar esse policial. A mãe dele quer que eu esqueça, mas eu vou até o fim – afirmou o pai.

O coronel Paulo César Lopes, que deu voz de prisão ao cabo Alessandro Bruno, defendeu um maior controle sobre os policiais (assista ao vídeo da prisão, divulgado pelo Jornal Extra):

– Polícia sem controle é bando. E bando comete crime. Cada comandante tem que seguir as normas. É só aplicar o que está escrito, sem dar contornos pessoais às regras. É preciso agir com rigor, mas sem abusos – disse ele, que espera que o episódio ajude a mudar a visão da população em relação à PM.

Fonte: Extra.

Artigos relacionados: Tiroteio no Gogó da Ema mata um policial e fere outro, Polícia faz operação no Gogó da Ema, Policial preso após denúncia de agressão a adolescente no Gogó da Ema, Policial morto em tiroteio no Gogó da Ema foi sepultado nesta sexta-feira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

julho 2009
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Atualizações Twitter

Mais um blog?

A idéia deste blog é concentrar notícias, informações úteis e curiosidades sobre a cidade de Belford Roxo publicadas na Web. Saúde pública, segurança, desenvolvimento, educação, concursos, cultura, política, esportes e muito mais.
%d blogueiros gostam disto: