Blog Roxo por Belford Roxo

Posts Tagged ‘denúncia

Rinha de galoNa tarde de ontem (30/8), cerca de 40 pessoas foram detidas em uma rinha de galo em Belford Roxo. Uma denúncia anônima levou a polícia até o local da rinha, na Rua Tamiarana, 26, no bairro de São Francisco. Em um cômodo da casa havia 35 galos, soltos e presos em gaiolas. Uma empresa de ônibus da região emprestou um coletivo para encaminhar os presos até a 54ª DP (Belford Roxo). O dono da casa está entre os detidos. O destino dos animais não é conhecido.

Fonte: Jornal o Dia.

Anúncios

Túmulo pode ter sido violado em cemitério de Belford RoxoUma família de Belford Roxo levou um susto quando descobriu que o túmulo onde estava enterrado um ente querido havia sido supostamente violado. A descoberta aconteceu na última quinta-feira (27/8) quando a dona-de-casa Mônica de Souza foi ao enterro de um amigo no Cemitério Municipal da Solidão, no centro de Belford Roxo, e percebeu que o corpo seria enterrado na mesma sepultura de seu pai, Itamar Rodrigues. De acordo com Mônica, ao perceber que o túmulo onde deveria estar o corpo de seu pai estava sendo preparado para ser ocupado por outro corpo, procurou a direção do cemitério, que é administrado pela prefeitura. “Quando vi aquela cena, toda sensação de sofrimento pela morte de meu pai voltou. Entrei em desespero ao ver que aquela cova tinha a mesma inscrição da do meu pai. Eles negaram alegando que a cova da minha família estava ao lado e só a cruz havia sido retirada. Mas acho que eles iriam mesmo é enterrar o corpo do meu amigo em cima do meu pai, só não esperavam que eu estivesse no mesmo enterro. Quero saber onde está o corpo do meu pai”, lamenta a dona-de-casa. Segundo Mônica, o túmulo foi alugado pela empresa de assistência funerária RioPax com a garantia de que os restos mortais só poderiam ser removidos pela administração do cemitério após três anos e seu pai havia sido enterrado há menos de um ano.

A família registrou queixa da 54ºDP (Belford Roxo) e agora espera a decisão da justiça para confirmar onde está o corpo de Itamar. A direção do cemitério nega as denúncias e garantiu, através do coordenador geral, Márcio de Souza, que o corpo continua na mesma cova. “O que houve foi um mal entendido. O corpo do seu Itamar não foi violado, o que aconteceu foi que a cova ao lado foi aberta para enterrar outra pessoa e a terra ficou em cima do túmulo, mas infelizmente a cruz que demarca a cova A-142 foi retirada, mas já está sendo recolocada no lugar. De qualquer forma, vamos esperar a justiça decidir, se for preciso será feita à exumação do corpo para comprovar que estamos falando a verdade”, afirma Márcio.

Fonte: Jornal de Hoje.

Polícia Civil RJO segurança, Emerson Pinheiro da Silva, de 40 anos, foi preso nesta segunda-feira por policiais da Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) de Belford Roxo. Contra ele, já estava expedido um mandado de prisão preventivo do Juízo da 2ª Vara Criminal da Capital, pelo crime de homicídio.

De acordo com a titular da delegacia, Gisele Faro, agentes de sua equipe uma denúncia anônima levou à localização do criminoso. Emerson foi detido no bairro Sublime, na região central de Belford Roxo, na porta de sua residência e não resistiu à prisão.

Gisele contou que o crime aconteceu após um desentendimento entre Emerson e a vítima, Jorge Luiz. A vítima teria feito ameaças a Emerson após descobrir que sua namorada mantinha um relacionamento com ele.

Ainda de acordo com a delegada, Jorge Luiz contou aos vizinhos, na ocasião, que se relacionava com a companheira de Emerson e com a irmã do criminoso e que ficaria com a casa dele. Em janeiro de 2003, durante uma discussão, Emerson disparou seis tiros em Jorge Luiz.

O criminoso foi encaminhado à carceragem da 52ª DP (Nova Iguaçu).

Fonte: Polícia Civil RJ.

A funcionária da Secretaria de Educação de Belford Roxo, Viviane Alonso, entrou na quinta-feira com uma queixa de injúria e difamação na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) contra o servidor Jorge Silva, que segundo ela, a ofendeu. Conforme o Jornal de Hoje e o Blog Roxo divulgaram ontem, Silva foi advertido pelo secretário de Educação William Campos por não concordar em seguir as normas de convivência da assessoria jurídica do setor. Viviane Alonso contou que Jorge Silva já criou problemas com diversos funcionários. “O secretário conversou com ele normalmente e explicou as normas da assessoria jurídica, mas ele não quis assinar o termo, alegando que estava sendo perseguido. Este senhor (Jorge Silva) coloca defeito no trabalho de todo mundo e anda falando mal de mim. Ele disse que não tenho competência, mas sou uma advogada muito bem capacitada, professora do município e posso exercer qualquer tipo de trabalho”, comentou Viviane, acrescentando que processos despachados por Jorge Silva foram devolvidos à Secretaria pela Procuradoria Geral do município. Um dos artigos do termo de normas da assessoria jurídica prega o respeito mútuo, pois todos são companheiros de trabalho. Outro tópico alerta para que se evitem comentários sobre a vida e ação dos membros da equipe. “Falei com ele respeitosamente, mas o senhor Jorge Silva não quis assinar o termo de normas de convivência”, resumiu o secretário William Campos.

Fonte: Jornal de Hoje.

Artigo relacionado: Servidor abre inquérito contra secretário de educação de Belford Roxo.

Suspeitas de irregularidades, ofensas, ameaças, proibições. O enredo poderia ser de um filme de suspense, mas é o que está acontecendo na Secretaria de Educação de Belford Roxo. O assessor jurídico do setor, Jorge Silva, de 57 anos, entrou na última quarta-feira com um inquérito administrativo contra o secretário Willian Campos e a funcionária Viviane Alonso, alegando que foi ofendido pelos dois por não concordar com irregularidades na secretaria.
Segundo Jorge, o problema começou quando Willian pediu ao assessor para que ele assinasse um documento que atestaria o fato de Viviane trabalhar à tarde como professora contratada. “Há alguns dias, me perguntaram quem trabalhava no meu setor, e eu respondi. Ela não estava na lista, pois só trabalha de manhã, na parte administrativa da secretaria”, explicou ele. “Ao me recusar a assinar o documento, o secretário começou a me ofender e me humilhar”, disse.
O entrevero abalou a saúde de Jorge, que desmaiou e chegou a ir ao hospital, onde recebeu licença médica por três dias. Ao voltar ao trabalho na última segunda-feira (22/06), ele diz que foi proibido de entrar na Secretaria – só teria acesso caso assinasse o documento exigido por Willian. A história teve outro desdobramento ontem, quando Viviane teria xingado o assessor e depois prestado queixa na delegacia contra ele. “Fico triste, porque trabalho no município há 13 anos e sou reconhecido por aqui. Todos gostam do meu trabalho, inclusive o prefeito”, garantiu Jorge, mostrando algumas condecorações que recebeu em Belford Roxo.
O secretário Willian Campos, por outro lado, desmente a versão de Jorge. Segundo Campos, a discussão ocorrida na semana passada foi causada devido a uma advertência que Jorge recebeu por problemas de relacionamento com as companheiras de trabalho. “Ele é um grande profissional, mas tem tido problemas com a Viviane. Na semana passada, eu comuniquei aos dois que o prefeito queria conversar com eles, devido a estes desentendimentos. Também apresentei um documento com normas de convivência, que ele se recusou a assinar”, explicou Willian, que também negou a acusação de ter impedido a entrada de Jorge na secretaria.

Fonte: Jornal de Hoje.

Artigo relacionado: Esquenta briga entre servidores da secretaria de educação de Belford Roxo.


novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Atualizações Twitter

Mais um blog?

A idéia deste blog é concentrar notícias, informações úteis e curiosidades sobre a cidade de Belford Roxo publicadas na Web. Saúde pública, segurança, desenvolvimento, educação, concursos, cultura, política, esportes e muito mais.